Informativo On-Line:

Cadastre-se e receba o informativo do sindicato por email.

Por falta de funcionários, clientes do Santander ficam horas na fila

NOTÍCIAS

09, julho 2018 18:31

A consequência das demissões em massa no banco espanhol são clientes frustrados com a demora no atendimento que chega a durar até três horas

A política de ataque do Santander aos trabalhadores, com as demissões em massa, está refletindo diretamente na qualidade do atendimento nas agências. Em Brasília, uma cliente chegou a abrir denúncia no Procon - órgão de proteção ao consumidor, alegando passar mais de três horas na fila de espera.
Somente neste ano, o Santander é responsável pelo desligamento superior a mil funcionários, e o encerramento de dezenas de agências por todo o país. Essa medida tem elevado a sobrecarga na jornada de trabalho dos funcionários que se desdobram no atendimento de clientes - as filas crescem dentro das agências, devido ao fechamento de outras.
As reestruturações estão acontecendo em praticamente todos os bancos, simbolizadas pelo “novo” processo de “modernização”, através do banco digital. Com a desculpa do aumento da utilização dos canais digitais - mobile, internet e outras mídias - os banqueiros demitem os trabalhadores bancários em massa.
 

Comentários


Para comentar você precisa estar logado.


Leia também:


20, July 18

Caixa joga duro e não apresenta nenhuma proposta concreta na segunda negociação

19, July 18

Bancários cobram medidas mais efetivas contra o assédio moral

19, July 18

Sindicato para agências do Itaú contra demissões e convoca bancários para a luta