Sexta, 15 Março 2019 15:54

Presidente do Banco do Brasil diz que empresa deveria ser privatizada

Rubem Novaes, presidente do Banco do Brasil, afirmou durante um evento no Rio de Janeiro nesta sexta-feira (15) que a empresa deveria ser privatizada Para ele, as companhias privadas estão em “melhores mãos”. Apesar do anúncio, Novaes disse que ainda não está em cogitação qualquer venda de grandes estatais do Brasil, mas que a alternativa “não pode ser descartada”.
O presidente da estatal afirmou que “crescem as opiniões em favor das ideais privatistas no país”, mas “é necessário um apoio ainda maior, principalmente no setor bancário. A declaração só pode estar focada nos interesses econômicos do setor privado.
Mais privatizações
O discurso liberal não se resume ao presidente do BB. Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, acha positiva a venda de ativos e abertura de capital para quitar uma dívida do banco, de R$ 38 bilhões. Guimarães acredita que as vendas, previstas até o mês de setembro, permitirão uma alteração radical na postura da Caixa em sua atuação no mercado, extinguindo áreas que “não fazem sentido”. Ou seja, o governo quer que o banco renuncie ao seu papel social e fique apenas com a parte lucrativa, deixando claro o propósito de fatiar para, em seguida, vender a Caixa.