Sindicato dos Bancários do Estado do Rio de Janeiro

BNB: acordo sai depois de 27 dias de greve

Em assembleias realizadas na tarde e no início da noite de terça-feira (15), os funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) no Ceará, Bahia, Sergipe, Alagoas e Paraíba aprovaram a última proposta do banco, a exemplo da decisão anterior dos colegas de Pernambuco e Piauí, e encerram a greve nacional de 27 dias.
Os bancários do BNB no Maranhão e Rio Grande do Norte também seguiram a decisão.
Em relação aos dias parados, a Contraf-CUT cobrou do BNB o mesmo tratamento de compensação estabelecido na negociação com a Fenaban, que prevê no máximo uma hora a mais de trabalho por dia, de segunda a sexta-feira, até 15 de dezembro. Os funcionários do BNB, banco federal, terão reajuste de 8% sobre as verbas salariais, vale-alimentação/ refeição e auxílio-creche.
Na PLR terão a distribuição de 9% do lucro líquido de acordo com a regra Fenaban. Pagamento de PLR Social de 3%. Adiantamento de 60%. O banco cumprirá o calendário de pagamento da Fenaban. O banco contratará 850 (oitocentos e cinquenta) novos empregados no período de 1 de setembro de 2013 até 31 de dezembro de 2014.

Sindicato dos Bancários e Financiários do Município do Rio © Todos os Direitos Reservados

Top Desktop version